sistema de digestão por bloco de aquecimento – kjeldatherm

Os blocos de digestão da Gerhardt são perfeitamente adaptados às necessidades de laboratórios acreditados e garantem a validade e reprodutibilidade dos resultados de análises pela automatização e documentação de todos os passos do processo.

PEDIR ORÇAMENTO

Os blocos de digestão da Gerhardt são perfeitamente adaptados às necessidades de laboratórios acreditados e garantem a validade e reprodutibilidade dos resultados de análises pela automatização e documentação de todos os passos do processo.

A linha KJELDATHERM oferece alta precisão e unidades de digestão programáveis para digestão Kjeldahl em tubos de 100, 250 ou 400 mL. Dependendo do volume de amostra, podem ser utilizados sistemas com 8, 20 ou 40 posições. Os componentes desse sistema Kjeldahl são fáceis de configurar e se encaixam perfeitamente na rotina diária de trabalho de qualquer laboratório.

Quando utilizado em conjunto com as unidades de destilação VAPODEST os digestores KJEDATHERM se tornam a solução ideal para análises Kjeldahl em qualquer laboratório.

O KJELDATHERM também possui modelos com configurações para digestões especiais para determinação de DQO (demanda química de oxigênio) e traços de metais.

Características:

  • CONTROLADOR DE TEMPERATURA PRECISO:
    • Precisão de controle de ±0,5%;
    • Programação de 99 programas com até 40 estágios de aquecimento;
    • 30 métodos pré-definidos;
    • Velocidades de aquecimento variáveis;
  • COMPONENTES DE ALTA QUALIDADE:
    • Bloco de digestão de alumínio com utilização de energia otimizada e isolamento térmico completo;
    • Superfície esmaltada resistente à ácidos;
    • Tubos de amostra e unidade de extração feitas de vidro Duran® de alta qualidade;
    • Carcaça com proteção extra contra corrosão;
  • DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA:
    • Alças isoladas termicamente;
    • Bandeja de gotejamento para coleta de resíduos ácidos;
    • Ajuste das temperaturas de segurança;
    • Alarmes de erro sonoros e visuais;
    • Acionamento automático da exaustão do equipamento;
    • Proteção contra superaquecimento;
  • FUNÇÕES ADICIONAIS:
    • Câmara de digestão iluminada;
    • Função de pré-aquecimento para aquecer o bloco de digestão;
    • Versão KT-L com função de elevação programável;
    • Racks de inserção com posições de amostra numeradas;
    • Condições para digestão padronizadas;
    • Interface USB para exportação de dados;
  • VARIEDADE ABRANGENTE DE ACESSÓRIOS:
    • Tubos de digestão de amostra de 250/300, 100 e 400 mL compatíveis com os destiladores VAPODEST;
    • Racks de amostras com 8, 20 e 40 posições;
    • Tabletes de catalisadores KJELCAT (Se, Cu, CuTi);
    • Tabletes antiespumantes para amostra fortemente espumantes;
    • Sistema depurador compacto TURBOSOG/VACUSOG para extração e neutralização de fumos ácidos;
  • LABORATÓRIOS ACREDITADOS:
    • Iluminação e janelas laterais permitem o requisito padrão de monitoramento de resíduos de amostras;
    • Proteção por senha;
    • Níveis de acesso de usuário;
    • Armazenamento de até 30 processos de digestão com temperaturas, data e hora;
    • Exportação de dados para LIMS;
    • De acordo com os requisitos da ISO 17025 e BPL.

Especificações Técnicas:

  • Posições de aquecimento: 8, 20 ou 40, dependendo do modelo;
  • Tubos de digestão: 100, 250/300 ou 400 mL, dependendo do modelo;
  • Elevação dos racks de amostras: Manual ou automático com elevador, dependendo do modelo;
  • Temperatura máxima: 430 °C;
  • Precisão do controle de temperatura: ±0,5%;
  • Programas: 99;
  • Display: 3,5” (com elevador), 2,4” (sem elevador);
  • Interface: USB;
  • Alimentação: 115/230 VAC, 50/60 Hz, 1000 W (8 posições sem elevador), 1160 W (8 posições com elevador), 2200 W (20 e 40 posições sem elevador), 2360 W (20 e 40 posições com elevador);
  • Dimensões: 515 x 728 x 483 mm (L x A x P);
  • Peso: 53 kg (com elevador); 40 kg (sem elevador).
Fabricante

Solução

Digestão, DQO – Demanda Química de Oxigênio, Nitrogênio Kjeldahl, Proteína

Modalidade

Laboratório

Segmento

, , , , , , ,

Normas

AOAC, APHA, ASTM, DIN/EN/ISO, EPA, GAFTA e Ph. Eur. 2.5.33 método 7, Procedimento A, VDLUFA