Blog

4 razões estratégicas para análise sistemática do óleo usado

A análise de óleos usados no local está fazendo com que as empresas busquem por melhorias na confiabilidade de resultados e também por uma economia de custos.

Em uma recente pesquisa de confiabilidade, entre 60 a 70% das instalações industriais empregam a análise de óleo como um componente importante de seus programas de confiabilidade. A análise de óleo fornece resultados instantâneos da saúde do maquinário, evitando trocas de óleo desnecessárias e prevê falhas dos equipamentos antes que aconteçam.

A maioria das organizações retira amostras de óleo e as envia para fora do local para ser analisado em um laboratório. Os resultados são enviados em prazo de dias ou semanas, dependendo da localização, da análise e do setor.

A análise de óleo usado no local cresceu rapidamente nos últimos três anos como empresas líderes em

geração de energia, mineração, produção de alimentos e manufatura industrial que investem em ferramentas e soluções de software para internalizar análises em cada local de produção. Os benefícios experimentados por esses líderes de mercado indicam que essa tendência se acelerará mais agora,

apesar dos desafios atuais.

Aqui estão 4 razões pelas quais organizações em todo o mundo estão investindo em soluções de ponta:

  1. Rapidez de Análise:  

A análise do óleo no local fornece à equipe de manutenção respostas precisas sobre o equipamento quando necessário. Isso é especialmente importante quando as equipes estão trabalhando em 24/7 e estão esperando que os resultados retornem o mais breve possível.

Obter resultados em dias ou semanas para a tomada de decisões importantes não é viável.

Ter dados de análise do óleo em minutos após a coleta da amostra permite que decisões de manutenção sejam tomadas quase que imediatamente, aumentando assim a eficiência.

As organizações agora estão lidando com produção ininterrupta, turnos escalonados e janelas de manutenção muito apertadas, por isso testes e diagnósticos rápidos são essenciais para o gerenciamento

mudando rapidamente as necessidades de produção e minimizando as interrupções.

  • Baixo Custo com Manutenção: 

Instalações que implantaram soluções rápida justificam o retorno do investimento em apenas seis meses.

Reduzir ou eliminar os testes laboratoriais externos é significativo em termos de tempo de análise e principalmente em se tratando de custos logísticos e custos da própria análise.

Monitorar as coletas de óleo e garantir que eles que os maquinários recebam o óleo correto reduz o risco de falhas catastróficas reduzindo tempo de inatividade da máquina.

A análise preventiva da causa raiz detecta a falha precoce da máquina e reduz gastos com peças e sobressalentes

Como a incerteza no transporte, produção de peças e orçamentos de capital estão congelados, as organizações buscam reduzir custos enquanto mantêm a disponibilidade de produção.

  • Geração Imediata de Relatórios Personalizáveis:

Os principais avanços em eletrônica, software e abordagens de amostragem transformaram as ferramentas de medição para análise de óleo com base na condição nos últimos cinco anos.

Instrumentos fáceis de operar e sem a necessidade do uso de reagentes químicos, significa que os dados podem ser gerados pela equipe de manutenção no decorrer de suas tarefas diárias.

A nova geração de sistemas tem, em seu núcleo, um software que integra os dados de todos os instrumentos e combina-os em um relatório simples com recomendações automatizadas.

Sistemas que são fáceis, confiáveis ​​e repetíveis permitem até mesmo que o usuário mais ocasional forneça dados significativos para a tomada de decisões.

.

  • Tomada de Decisão Imediata:

A análise de óleo no local melhora a integridade dos dados de várias maneiras.

O óleo coletado fornece uma visão melhor do equipamento podendo corroborar ou desmascarar um possível problema. Com a análise do óleo no local as amostras podem ser analisadas e reanalisadas imediatamente.

Engenheiros e técnicos conhecem a operação intimamente e por isso eles estão na melhor posição para estabelecer alarmes e limites para a tomada de decisão imediata no local, podendo proporcionar maior confiança e garantir que os lubrificantes adequados estão em uso.

A análise de óleo no local pode ser feita forma rápida e prática utilizando-se equipamentos pequenos e portáteis, porém com precisão de laboratório. A Pensalab dispõe de equipamentos para análise da condição do óleo, como: contadores de partículas, viscosímetros, metais, TBN, oxidação, TAN, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *